???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/7183
Tipo do documento: Dissertação
Título: Uso do design thinking para a acessibilidade ao transporte público para pessoas com deficiência visual
Autor: CAVALCANTI FILHO, André Marques 
Primeiro orientador: LIMA, Telma Lúcia de Andrade
Primeiro coorientador: MARINHO, Marcelo Luiz Monteiro
Primeiro membro da banca: SOBRAL, Marcos Felipe de Falcão
Segundo membro da banca: LUNA, Alexandre José Henrique de Oliveira
Resumo: A mobilidade no transporte público de passageiros está relacionada à qualidade de vida dos usuários. Considerando os problemas existentes nos centros urbanos, em particular no transporte na modalidade de ônibus, observa-se a necessidade da melhoria da acessibilidade deste sistema para usuários com deficiência visual. Dentre as soluções possíveis, o uso de ferramentas assistivas apresenta-se como uma solução viável pelo seu baixo custo de implantação e por requererem, em geral, pouca adaptação na infraestrutura tecnológica existente. Este trabalho tem por objetivo propor um modelo de interfaces que possibilite a melhoria da acessibilidade do transporte coletivo voltada aos usuários com deficiência visual, desenvolvido com base no design thinking a fim de aproximar ao máximo a solução proposta do resultado esperado pelos usuários com deficiência visual, para o desenvolvimento de uma ferramenta assistiva que proporcione uma melhoria na acessibilidade ao ônibus. O modelo fundamenta-se no percurso cognitivo para análise de interfaces, em busca da usabilidade/acessibilidade como características principais das interfaces de navegação dos aplicativos disponibilizados. A pesquisa foi desenvolvida em duas fases. A primeira fase, imersão preliminar, verifica a existência do problema de acessibilidade enquanto que na segunda fase, imersão profunda, são identificadas as sugestões de solução, segundo a opinião dos entrevistados. Após as duas fases desta pesquisa foram realizados testes no modelo de interfaces desenvolvido nos quais pôde-se observar a aceitação dos usuários em relação ao modelo. Dessa forma, considera-se que a pesquisa atendeu aos objetivos de desenvolver um modelo de interface acessível. Dentre os resultados obtidos, pode-se observar que o método utilizado permitiu o desenvolvimento de um modelo aderente às necessidades e peculiaridades do público estudado, o qual foi parte fundamental para o atingimento dos objetivos.
Abstract: Mobility in public transport is related to the quality user’s life. We consider the need to improve the accessibility for blind users on system. Among possible solutions, the use of assistive tools presents itself as a viable solution due to its low implementation cost and, in general, little adaptation to the existing technological infrastructure. This paper aims to propose an interface model that allows an improvement of the accessibility in public transport aimed at blind users developed basis on - design thinking in order to bring the proposed solution of the expected results to blind users in maximum extent possible. The development of an assistive tool that provides a improvement in bus accessibility. The model is based on the cognitive path for interfaces analysis, in search of usability / accessibility as the main navigation characteristics of interfaces in available applications. A research was developed in two phases. The first phase, preliminary immersion, verifies the accessibility existence problem while the second phase, deep immersion, are identified as suggestions for solution, according to interviewee’s opinion. After two phases of this research, tests were performed without interfaces model developed in which one can observe an user’s acceptance in relation to the model. In this way, it is considered that the research met the development objectives an accessible interface model. Among the results obtained, can be observed the method used for the development is an adherent model as needs and peculiarities of the studied public, it was a fundamental part in the sucess of objectives.
Palavras-chave: Acessibilidade
Transporte público
Design thinking
Deficiente visual
Pessoa com deficiência
Área(s) do CNPq: OUTROS::ADMINISTRACAO RURAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal Rural de Pernambuco
Sigla da instituição: UFRPE
Departamento: Departamento de Administração
Programa: Programa de Pós-Graduação em Administração e Desenvolvimento Rural
Citação: CAVALCANTI FILHO, André Marques. Uso do design thinking para a acessibilidade ao transporte público para pessoas com deficiência visual. 2017. 96 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Administração e Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/7183
Data de defesa: 14-Jul-2017
Appears in Collections:Mestrado em Administração e Desenvolvimento Rural

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andre Marques Cavalcanti Filho.pdfDocumento principal4,3 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.