???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/6751
Tipo do documento: Dissertação
Título: Digestibilidade dos aminoácidos e valores energéticos do farelo de girassol e sua inclusão na ração de frangos de corte
Autor: TAVERNARI, Fernando de Castro 
Primeiro orientador: DUTRA JÚNIOR, Wilson Moreira
Primeiro coorientador: ALBINO, Luiz Fernando Teixeira
Segundo coorientador: RABELLO, Carlos Bôa-Viagem
Primeiro membro da banca: LUDKE, Maria do Carmo Mohaupt Marques
Segundo membro da banca: SILVA, José Humberto Vilar da
Resumo: Cinco experimentos foram realizados no Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Viçosa para determinar o valor energético e nutricional do farelo de girassol (FG) e o uso de FG em dietas para frangos de corte. Foram realizados dois ensaios de metabolismo a fim de determinar a energia metabolizável aparente corrigida (EMAn), através do método de coleta total de excretas com frangos, e energia metabolizável verdadeira corrigida (EMVn) e a digestibilidade verdadeira dos aminoácidos do FG, através do método de alimentação forçada com galos cecectomizados.O FG utilizado apresentou 89,95% de MS, 28,09% de PB, 4.429 kcal/kg de EB, 22,37% de FB, 2,87 de EE, 0,83% de P e 0,30 de Ca. A EMVn e EMAn determinadas foram 2.200 e 1.983 kcal/kg, respectivamente. Os valores de lisina, metionina e treonina digestíveis foram 0,68, 0,54 e 0,82, respectivamente. Foi realizado um experimento para avaliar o desempenho, o rendimento de carcaça e de cortes e a viabilidade econômica de frangos de corte alimentados com dietas contendo os níveis de inclusão de 0, 5, 10, 15 e 20% de FG. Com a inclusão do FG o consumo diminuiu linearmente na fase inicial e a conversão alimentar melhorou linearmente no período total, enquanto houve efeito quadrático com o aumento da inclusão do FG para conversão alimentar na fase inicial.Não foi encontrada diferença significativa para o rendimento de carcaça e cortes. E foram realizados dois experimentos com a finalidade de avaliar o desempenho, o rendimento de carcaça e cortes e a viabilidade econômica de frangos de corte alimentados com dietas contendo dois níveis diferentes de FG (0% e 20%), com ou sem adição de complexo enzimático (CE) (Celulase, β-glucanase, xilanase e fitase) e os valores de EMAn das dietas iniciais. Em nenhuma das fases foi observado interação entre o FG e o CE sobre o desempenho dos animais. Embora o FG tenha proporcionado diminuição no consumo de ração na fase inicial e no período total, não se observou o mesmo para o ganho de peso nestas fases. Em todas as fases houve melhora na conversão alimentar com o uso do FG, provavelmente isto se deve ao nível de inclusão de óleo na ração, o que pode ter melhorado a digestibilidade da mesma. Houve aumento significativo no ganho de peso com o uso do CE na fase inicial. Não houve efeito significativo para o FG e o CE sobre o rendimento de carcaça e cortes. Não foi observado efeito significativo da adição do CE sobre os valores de EMAn das dietas, porém a adição do CE melhorou significativamente os coeficientes de metabolizabilidade aparente do fósforo e do cálcio.
Abstract: Five experiments were carried out at Department of Animal Science of Federal University of Viçosa to determine the energetic and nutritional values of sunflower meal (SFM) and the use of SFM in diets for broiler chickens. Two experiments were carried out to determine corrected apparent metabolizable energy (AMEn), through the method of total excreta collection with broiler chickens, and corrected true metabolizable energy (TMEn) and true digestibility of amino acids of (SFM), through the method of forced feeding with cecectomized roosters. The SFM used presented 89.95% of DM, 28.09% of CP, 4,429 kcal/kg of CE, 22.37% of CF, 2.87 of EE, 0.83% of P and 0.30% of Ca. The TMEn and AMEn were 2,200 and 1,983 kcal/kg, respectively. The values of lysine, methionine, and threonine were 0.68, 0.54, and 0.82, respectively. A trial was carried out at to evaluate the performance, carcass yield and cuts, and economic viability of broilers fed with diets containing different levels of inclusion 0, 5, 10, 15, and 20% of SFM. With inclusion of SFM the feed intake reduced linearly in the initial phase and the feed:gain ratio improved linearly in the total period, while there was quadratic effect to feed:gain ratio in the initial phase. No significant differences were found for carcass yield and cuts. And two experiments were carried out in order to evaluate the performance, carcass yield and cuts, and economic viability of broiler chickens fed with diets containing two different levels of SFM (0% and 20%), with or without enzymatic complex supplementation (EC) (Cellulase, β-glucanase, xylanase and phytase) and the values of AMEn of initial diets. No interactions were observed between the SFM and EC on the performance of animals. While the SFM has significantly decreased the feed intake in the initial phase and the total period, weight gain did not differ during these phases. In all stages there was improvement in feed:gain ratio with the use of SFM, probably due to the inclusion levels of oil in the diet, which might have improved digestibility. There was a significant increase in weight gain with the use of EC in the initial phase. There was no significant effect of SFM and EC on carcass yield or cuts.There was no significant effect of adding EC on the values of AMEn of diets, but the addition of EC significantly improved apparent coefficients of metabolizability of phosphorus and calcium.
Palavras-chave: Frango de corte
Farelo de girassol
Avaliação nutricional
Avaliação energética
Alternative feedstuff
Amino acid
Digestibility
Metabolizable energy
Cut chicken
Sunflower meal
Digestibilidade
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal Rural de Pernambuco
Sigla da instituição: UFRPE
Departamento: Departamento de Zootecnia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Citação: TAVERNARI, Fernando de Castro. Digestibilidade dos aminoácidos e valores energéticos do farelo de girassol e sua inclusão na ração de frangos de corte. 2008. 78 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Zootecnia) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/6751
Data de defesa: 18-Jul-2008
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernado de Castro Tavernari.pdfDocumento principal282,79 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.