???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/6589
Tipo do documento: Dissertação
Título: Respostas morfológicas e produtivas de gramíneas forrageiras tropicais à intensidade de pastejo
Autor: GALDINO, Adeneide Candido 
Primeiro orientador: MELLO, Alexandre Carneiro Leão de
Primeiro coorientador: DUBEUX JUNIOR, José Carlos Batista Dubeux
Segundo coorientador: SANTOS, Mercia Virginia Ferreira dos
Primeiro membro da banca: DIFANTE, Gelson dos Santos
Segundo membro da banca: LIRA, Mário de Andrade
Resumo: Este estudo foi realizado na Estação Experimental do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), no município de Itambé, Zona da Mata Seca de Pernambuco, e objetivou avaliar dois ensaios, sendo o primeiro, realizado pela dinâmica de perfilhamento dos clones de Pennisetum sp. e o segundo, por avaliações morfológicas de clones de Pennisetum sp. e Brachiaria decumbens Stapf. Em ambos os ensaios, adotou-se o método de lotação intermitente com bovinos mestiços holandês x zebu, com ciclo de pastejo de 35 dias (32 dias de descanso e três dias de ocupação), na época chuvosa e, 70 dias (67 dias de descanso e três dias de ocupação), na época seca. O delineamento experimental utilizado para o ensaio um, foi de blocos casualizados, em arranjo de parcelas subdivididas, sendo a parcela principal as alturas do resíduo póspastejo (40, 80 e 120cm) e as subparcelas, os clones (IRI 381, Venezuela, Elefante B e Hexaplóide), com três repetições. Para o ensaio dois, utilizou-se para B. decumbens, o delineamento em blocos casualizados, com três repetições, sendo os tratamentos experimentais, diferentes taxas de lotação e, para o Pennisetum sp., o delineamento foi blocos casualizados, em arranjo de parcelas subdivididas, sendo a parcela principal, as alturas de resíduo pós-pastejo, e as subparcelas, os clones, com três repetições. As variáveis avaliadas no momento do pré-pastejo para o ensaio um, foram: dinâmica de perfilhamento (em dez ciclos de pastejo), peso médio de perfilhos basais e porcentagem de mortalidade e nascimento de perfilhos basais. As variáveis avaliadas para o ensaio dois foram: índice de área foliar (IAF), interceptação luminosa (IL) e ângulo foliar médio (AFM), por meio do analisador de dossel modelo LAI 2000, no momento do pré e pós-pastejo, ao longo de nove ciclos de pastejo. De maneira geral, as alturas de resíduo pós-pastejo avaliadas, não promoveram marcantes variações na dinâmica de perfilhamento dos clones avaliados. O clone Elefante B apresentou menor peso médiode perfilhos, quando comparado ao Venezuela, com média de 279g e 512g,respectivamente. As maiores alturas de resíduo pós- pastejo (80 e 120 cm) promoveram maiores pesos médios de perfilhos, em relação à altura de 40 cm. O número de perfilhos basais sofreu efeito tanto de clones, como de alturas de resíduo, tendo o clone Venezuela apresentado menor perfilhamento, em relação ao Elefante B, com médias de 30 e 66 perfilhos/m2, respectivamente. A menor taxa de lotação 2 UA avaliada, promoveu maior IL e IAF da braquiária. O clone Elefante B apresentou maiores valores de IAF, IL e AFM em comparação ao Venezuela, no pós pastejo. A lotação com 2 UA/ha propiciou maior IAF e IL no pré pastejo.De maneira geral, os clones de Pennisetum sp estudados apresentaram diferenças em relação às variáveis estudadas, o que demonstra o componente genético influenciando as características morfogênicas.
Abstract: at This study was carried out at the Experimental Station of the Agronomic Institute of Pernambuco (IPA) located in Itambé, a dry rainforest region of The State of Pernambuco, Brazil. Two trials were performed. The first one evaluated tillering dynamics Pennisetum sp. Clones; the second trial evaluated morphological aspects of Pennisetum sp. clones and Brachiaria decumbens Stapf. In both trials a rotational stocking was applied and crossbred Holstein-Zebu cattle used as experimental animals. Grazing cycle was 35 days (32 days resting and three days of grazing period) in the rainy season and 70 days (67 days resting and three days of grazing period) in the dry season. The experimental design used for the first trail was a randomized block design in a split plot arrangement, with the main plot being the grazing stubble height and the subplot, the clone, with three replications. For trial two, a randomized block design with three replications was applied for B. decumbens.and treatments were different stocking rates; the design used for Pennisetum sp. the design was randomized block in a split plot arrangement, with the main plot being, the grazing stubble height and subplot, the clone, with three replications. Response variables assessed at pre-grazing for the test one included: tillering dynamics in fixed clumps (ten cycles of grazing), tiller weight, and tiller number in random clumps during nine cycles of grazing. The variables assessed for test two were: leaf area index (LAI), light interception (LI), and mean leaf angle (MLA), through the canopy analyzer model LAI 2000, at the time of pre- and postgrazing, over nine cycles of grazing. In general, the post-grazing stubble height did not promote changes in the tillering dynamics of Pennisetum sp. clones. The clone elephant B showed lower average tiller weight compared to Venezuela, with an average of 279g and 512 g, respectively. The highest post-grazing stubble heights (80 cm and 120 cm) promoted higher average tiller weight compared to post-grazing stubble height of 40cm. The number of basal tillers was affected both by clones and by post-grazing stubble heights, with clone Venezuela showing less tillering, compared to Elephant B clone, with averages of 30 and 66 tillers/m2, respectively. Lower stocking rate 2 AU promoted greater light interception (LI) and leaf area index (LAI). The clone Elephant B showed higher values of LAI, LI and mean leaf angle (MLA) compared to clone Venezuela, post-grazing. The stocking rate of 2 AU / ha resulted in greater LAI and LI at the pregrazing. In general, the studied clones of Pennisetum sp. showed differences for the studied variables, demonstrating a genetic component influencing the morphogenesis.
Palavras-chave: Aspecto morfológico
Pastejo interminente
Perfilho
Taxa de lotação
Morphology
Gramínea forrageira
Pennisetum sp.
Brachiaria decumbens
Forage grass
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal Rural de Pernambuco
Sigla da instituição: UFRPE
Departamento: Departamento de Zootecnia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Citação: GALDINO, Adeneide Candido. Respostas morfológicas e produtivas de gramíneas forrageiras tropicais à intensidade de pastejo. 2010.69 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Zootecnia) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/6589
Data de defesa: 11-Feb-2010
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adeneide Candido Galdino.pdfDocumento principal237,09 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.