???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/6330
Tipo do documento: Dissertação
Título: Utilização de ostra e macroalga como biofiltro para efluentes de cultivo de camarão marinho
Autor: GUIMARÃES, Iru Menezes 
Primeiro orientador: GÁLVEZ, Alfredo Olivera
Primeiro membro da banca: PORTO NETO, Fernando de Figueiredo
Segundo membro da banca: PEIXOTO, Sílvio Ricardo Maurano
Terceiro membro da banca: SOARES, Roberta Borda
Quarto membro da banca: SEVERI, William
Resumo: A eficiência de um sistema de tratamento integrado para melhorar a qualidade da água de viveiros de camarão foi avaliada utilizando-se processos sedimentação, filtração por ostras e absorção por macroalgas, assim como também foram avaliadas diferentes densidades de ostra e macroalga no tratamento de efluentes de sistemas autotrófico e heterotrófico de cultivo de camarão. Espécie nativa de ostra (Crassostrea rhizophorae) e macroalga (Gracilaria sp.) foram selecionadas devido a disponibilidade local e potencial para a aqüicultura no Nordeste do Brasil. A água do efluente decantou por 24 h sem aeração (primeira fase) e nas duas seguintes fases (ostra e macroalga) o efluente foi transferido para as unidades experimentais, permanecendo por 24 h em cada fase com aeração. Também foram avaliadas três densidades de ostra (0,2, 0,4 e 0,8 ostra.L-1) e macroalga (2,0, 4,0 e 8,0 g.L-1) no tratamento do efluente durante 48 h (24 h em cada fase). Variáveis químicas e físicas foram analisadas durante o período dos experimentos, 0 a 72 h no primeiro e 0 a 48 h no segundo. Variações nas concentrações de clorofila-a, feofitina, fósforo total, fosfato total, ortofosfato, amônia total, nitrato, nitrito, sólidos suspensos totais, sólidos suspensos orgânicos e sólidos suspensos inorgânicos mostraram que os dois organismos filtradores reduziram significativamente a concentração de diferentes poluentes no efluente de cultivo de camarão, entretanto as densidades de ostra e macroalga devem ser mais estudas.
Abstract: The efficiency of an integrated treatment system to improve the water quality from shrimp pond was assessed laboratory-scale by using sedimentation, oyster filtration and macroalgal absorption (trial 1), and the evaluation of oysters and macroalgae densities in effluent treatment of autotrophic and heterotrophic shrimp culture systems (trial 2). Native species of oyster (Crassostrea rhizophorae) and macroalgae (Gracilaria sp.) were selected due to their local availability and aquaculture potential in northeastern Brazil. In trial 1, the effluent water was left to settle for 24 h without aeration (first phase) and in the next two phases (oyster and macroalgae) the effluent water was drained into experimental units (and control) for 24h each with aeration. In trial 2, three densities of oyster (0.2, 0.4 and 0.8 oyster.L-1) and macroalgae (2.0, 4.0 and 8.0 g.L-1) were assessed during 48 h to treat effluent water (24 h for each phase). Chemical and physical variables were measured during experiments periods (0 to 72 h for trial 1 and 0 to 48 h for tria 2). Variations in the concentration of chlorophyll a, pheophytin, total phosphorus, total phosphate, orthophosphate, total ammonia, nitrate, nitrite, total suspended solids, organic suspended solids and inorganic suspended solids showed that the two biological filters reduced significantly the concentration of the different pollutants in the shrimp effluent, however oyster and macroalgae densities should be more studied.
Palavras-chave: Ostra
Macroalga
Biofiltro
Carcinicultura
Camarão marinho
Crassostrea rhizophorae
Gracilaria
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal Rural de Pernambuco
Sigla da instituição: UFRPE
Departamento: Departamento de Pesca e Aquicultura
Programa: Programa de Pós-Graduação em Recursos Pesqueiros e Aquicultura
Citação: GUIMARÃES, Iru Menezes. Utilização de ostra e macroalga como biofiltro para efluentes de cultivo de camarão marinho. 2008. 49 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Recursos Pesqueiros e Aquicultura) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/6330
Data de defesa: 1-Apr-2008
Appears in Collections:Mestrado em Recursos Pesqueiros e Aquicultura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Iru Menezes Guimaraes.pdfDocumento principal872,73 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.