???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/5350
Tipo do documento: Dissertação
Título: Bioprotetor com bactéria diazotrófica e quitosana fúngica em comparação com fertilizante mineral solúvel na uva Isabel
Título(s) alternativo(s): Bioprotector with diazotrophic bacteria and fungal chitosan compared to mineral fertilizer soluble grape Isabel
Autor: SILVA JÚNIOR, Sebastião da 
Primeiro orientador: STAMFORD, Newton Pereira
Primeiro coorientador: SANTOS, Carolina Etienne de Rosália e Silva
Segundo coorientador: FRANCO, Luciana de Oliveira
Primeiro membro da banca: PINTADO, Maria Manuela Esteves
Segundo membro da banca: OLIVEIRA, José de Paula
Terceiro membro da banca: Franco, Luciana de Oliveira
Quarto membro da banca: BARROS, Maria de Fátima Cavalcanti
Resumo: A uva Vitis labrusca contribui ativamente para o desenvolvimento sócioeconomico do País, em particular da região semiárido do médio São Francisco. Para incremento da produtividade da uva é necessário a aplicação de fertilizantes. É reconhecido, atualmente, que a quitosana possui propriedades específicas que mostram grande potencial para inúmeras aplicações em vários produtos comerciais, especialmente devido a sua biocompatibilidade, biodegradabilidade e reatividade do grupo amínico. A quitosana possa ser aplicada na agricultura com ação de proteção de planta contra agentes fitopatogênico. Ensaios in vitro foram realizados com o objetivo de caracterizar e avaliar os efeitos de quitosana de camarão com diferentes pesos moleculares (baixo, médio e alto) contra o fungo patogênico Botrytis cinerea causador da “podridão cinzenta” em frutos de uva. Paralelamente foi produzido o bioprotetor (P) a partir de biofertilizante de rochas em mistura com mais matéria orgânica inoculada com bactéria diazotrófica de vida livre e com Cunninghamella elegans que possui quitosana, biopolímero que atua fornecendo nutrientes e protege a planta contra fitopatógenos, podendo ser uma alternativa para substituição aos insumos convencionais. Em experimento de campo realizado na Vinícola Botticelli, procurou-se avaliar o efeito do bioprotetor (P) em atributos químicos do solo e na produtividade da uva, visando comparar o efeito de bioprotetor (P) e fertilizante mineral solúvel (F). Também foi avaliada a nutrição da videira que constitui um fator dos mais importantes para o desempenho produtivo, especialmente considerando os macronutrientes. De uma maneira geral, os resultados mostraram que o bioprodutor pode ser alternativo em substituição a fertilizantes convencionais solúveis, tendo em vista que mostrou maior liberação de nutrientes para o solo e para a planta, e também apresenta potencial para uso antimicrobiano, especialmente contra o fungo Botrytis cinerea causador da podridão cinzenta nos frutos da uva.
Abstract: The grapes Vitis labrusca contributes activily for the Brazilian development social and economic, particularly in reference to the semiarid region of the médium San Francisco Irrigated area. To the improvement of the grape productivity is necessary the fertilizers application. Actually is recognized that the chitosan biopolymer has specific properties that display great potential for application to obtain various commercial products, especially due to its biocompatibility, biodegradability and reativity inerent to the aminic group. The chitosan may be applied in agriculture for plant protection against phytophatogenic agents. Assays “in vitro” were carried out with the aim to characterize and evaluate the effects of shrimp chitosan produced with different molecular weight (low, medium and high) against the pathogenic fungus Botrytis cinerea that promote the “Gray mold disease” on grape fruits. At the same time it was produced the bioprotector (P) from P and K rock biofertilizers mixed with organic matter inoculated with free living diazotrophic bacteria and with the fungi Cunninghamella elegans that produce the biopolymer chitosan that act increasing nutrient content and protect the plants against phitopatogens, and may be alternative furnishing nutrients and substitute the conventional fertilizers. In field experiments conductes at the Fine wine viniculture (Bottiecelli Company), were evaluated the effects of the bioprotector (P) in chemical soil attributes and in the grape yield, comparing the bioprotector effect (P) with the mineral soluble fertilizer (F). It was also evaluated the grape nutrition that constitute one of the most important factor that have influence on the yield parameter, especially for macronutrients. In a general way, the results showed that the bioprotector (P) may be alternative in substitution for conventional soluble fertilizers, because displayed great liberation of nutrients to the soil system and for the plants, and also present potential for antimicrobial use, in special against the Botrytis cinerea fungi that produce gray mold disease in grape fruits.
Palavras-chave: Uva
Vitis labrusca
Bioprotetor
Bactéria diazotrófica
Quitosana fúngica
Área(s) do CNPq: AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal Rural de Pernambuco
Sigla da instituição: UFRPE
Departamento: Departamento de Agronomia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo
Citação: SILVA JÚNIOR, Sebastião da. Bioprotetor com bactéria diazotrófica e quitosana fúngica em comparação com fertilizante mineral solúvel na uva Isabel. 2012. 107 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/5350
Data de defesa: 31-Jul-2012
Appears in Collections:Mestrado em Ciência do Solo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sebastiao da Silva Junior.pdfDocumento principal691,67 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.