???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/4752
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo florístico e fitossociológico de um remanescente de caatinga à margem do rio São Francisco, Petrolina-Pernambuco
Autor: NASCIMENTO, Clóvis Eduardo de Souza 
Primeiro orientador: Rodal, Maria de Jesus Nogueira
Primeiro coorientador: Cavalcanti, Antônio Cabral
Primeiro membro da banca: Tabareli, Marcelo
Segundo membro da banca: Sales, Margareth Ferreira de
Terceiro membro da banca: Araújo, Elcida de Lima
Resumo: A vegetação ciliar ao longo do rio São Francisco tem sofrido uma forte degradação pela ação antrópica, causando uma drástica redução da cobertura vegetal nativa, que tem provocado um contínuo processo de assoreamento o que tem colocado em perigo a própria existência do rio. Com o propósito de contribuir para o conhecimento da vegetação de caatinga ocorrente nas margens do rio São Francisco e estabelecer suas relações com os fatores topográficos e pedológicos, foi realizado, durante o período de doze meses, o levantamento florístico e fitossociológico do componente arbustivo-arbóreo da vegetação, em área da EMBRAPA-SPSB, em Petrolina-PE. Foi aberto um transecto a partir da margem do rio, com o comprimento de 800 m, onde foram instaladas 138 parcelas contíguas de 10 x 10 m, para amostragem de todos os indivíduos vivos ou mortos ainda em pé, que tivessem o diâmetro do caule ao nível do solo ³ 3 cm e altura total ³ 1 m. Ao longo do transecto foi registrado um desnível de 9,4 m e identificados cinco ambientes topográficos: margem do rio (MR), dique (D), depressão inundável (DI), terraço limite (TL), todos pertencentes ao terraço fluvial, com solos Aluvial e Cambissolo eutrófico textura siltosa, e o tabuleiro sertanejo (TS) com solo do tipo Podzólico vermelho-amarelo textura arenosa. Foram encontradas 48 espécies/morfoespécies, distribuídas em 39 gêneros e 21 famílias, registrados quatro fitogeoambientes: MR, D+TL, DI+TL e TS, com base nos aspectos morfopedológicos e na similaridade florística entre as parcelas, calculada através da análise de agrupamento, e identificados os diferentes conjuntos florísticos ligados ao terraço fluvial e ao tabuleiro sertanejo. Do ponto de vista fisionômico, a MR destacou-se dos demais ambientes pela maior densidade total, área basal total, alturas máxima e média e diâmetro máximo, além de apresentar 8,1% dos indivíduos com altura superior a 8 m, contra 0,6% do D+TL, 0,2% do DI+TL e 0% do TS. As espécies com maior índice do valor de importância (IVI) foram: Inga vera subsp. affinis na MR, Mimosa bimucronata no D+TL e DI+TL e M. tenuiflora no TS.
Abstract: The riparian vegetation along the São Francisco river has been suffering a strong degradation by the human action. As consequence exist a drastic reduction in the covering degree of the native vegetation and sediment deposition that has causing threatens own existence of the river. Thisstudy intends to contribute for the comprehension of the caatinga vegetation that happens in the margins of the São Francisco river, by the establishment of the relationships between topographical and pedological factors and distribution of woody plants. The floristic and phytosociological survey was carried out, during twelve months, in area of EMBRAPA-SPSB, in Petrolina-Pernambuco. Was open a transect starting from the margin of the river, with the length of 800 m, where 138 contiguous plots of 10 X 10 m were installed. In each plot was measured the stem at soil level (DNS) for all individuals, alive or dead, with diameter > 3 cm and total height > 1m. Along this transect a difference of 9,40m was registered and five topographic environments were identified: river side (MR), dike (D), floodable depression (DI), boundary terrace (TL), all of them belonging to the fluvial terrace, with Alluvial and Cambisol eutrophic silty soils and the inlander tableland (TS) with red-yellow silty texture Podzolic soil. Forty-eight species/morphospecies distributed in 39 genera and 21 families were identified. Four phytogeoenvironments, MR, D+TL, DI+TL and TS, were defined by environmental variations and the floristic similarity among the parcels, calculate using cluster analysis. The MRenvironment showed the largest total density, total basal area, maximum and medium height and maximum diameter, and besides also, presented 8,1% of the plants with superior height to 8m, against 0,6% of D+TL, 0,2% of DI+TL and 0% of TS. The species with the largest importance value index were Inga vera subsp. affinis in MR, Mimosa bimucronata in D+TL and DI+TL and M. tenuiflora in TS.
Palavras-chave: Fitossociologia
Florística
Mata ciliar
Rio São Francisco
Phytosociology
Gallery forest
São Francisco river
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal Rural de Pernambuco
Sigla da instituição: UFRPE
Departamento: Departamento de Biologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Botânica
Citação: NASCIMENTO, Clóvis Eduardo de Souza. Estudo florístico e fitossociológico de um remanescente de caatinga à margem do rio São Francisco, Petrolina-Pernambuco. 1998. 78 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Botânica) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/4752
Data de defesa: 4-Nov-1998
Appears in Collections:Mestrado em Botânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Clovis Eduardo de Souza.pdfDocumento principal1,4 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.