???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/4751
Tipo do documento: Dissertação
Título: Detecção de Cryptosporidium spp., Leishmania spp. e identificação de ixodídeos e sifonápteros em Didelphis albiventris Lund 1841 (Marsupialia: Didelphidae)
Autor: SILVA, Edson Moura da 
Primeiro orientador: ALVES, Leucio Câmara
Primeiro membro da banca: PORTO, Wagnner José Nascimento
Segundo membro da banca: RAMOS, Rafael Antonio Nascimento
Terceiro membro da banca: FAUSTINO, Maria Aparecida da Gloria
Resumo: Vários animais silvestres são descritos como reservatórios, hospedeiros e carreadores de agentes infecciosos e parasitários, tendo como destaque os marsupiais do gênero Didelphis, dentre eles o Didelphis albiventris. Devido ao hábito generalista e antrópico, esse animal é reconhecido como reservatório de vários agentes patogênicos, destacando-se Cryptosporidium spp., e Leishmania spp., além de servir como carreador de artrópodes que podem parasitar animais domésticos, silvestres e o homem. Diante deste contexto, o objetivo deste trabalho foi detectar Cryptosporidium spp., Leishmania spp. e identificar Ixodídeos em Didelphis albiventris. Para captura foram utilizadas armadilhas tipo Tomahowk live trap. Um total de 40 animais foi capturado, sendo 29 fêmeas e 11 machos de vida livre pertencentes à Mesorregião Metropolitana do Recife e a Microrregião de Araripina, Pernambuco, Brasil. Amostras de fezes dos animais foram submetidas à técnica de centrífugo-sedimentação em formol-éter com posterior coloração pelo método de Kinyoun. Amostras de sangue também foram coletadas para investigar a infecção por Leishmania spp. pela Reação em Cadeia da Polimerase (PCR), além de serem coletados ectoparasitas. Como resultado, foram observados que 15% (6/40) das amostras fecais dos D. albiventris estavam parasitadas com oocistos de Cryptosporidium spp., demonstrando que os mesmos podem atuar como importantes reservatórios deste parasita na interface urbano-florestal. Nenhuma das amostras foi positiva para Leishmania spp. pela PCR, ressaltando que os animais estudados não fazem parte do ciclo de vida desse agente nas áreas estududas. Os ectoparasitas encontrados foram classificados como Ixodes loricatus, Amblyomma rotundatum e Amblyomma spp., sendo relatado pela primeira vez o parasitismo por Amblyomma rotundatum em D. albiventris.
Abstract: Several wild animals are described as reservoirs, hosts and carriers of infectious and parasitic agents, especially the marsupials Didelphis genus, including the Didelphis albiventris. Due to the general and anthropic habit, this animal is recognized as a reservoir of various pathogens, especially Cryptosporidium spp. and Leishmania spp., besides serving as a carrier of arthropods that can parasitize domestic animals, wildlife and humans. Given this context, the objective of this study was to detect Cryptosporidium spp., Leishmania spp. and identify Ixodids in Didelphis albiventris. The capture was performed with the use of Tomahowk live trap. Physical containment was performed with the aid of appropriate leather gloves and chemical containment was performed with the association of Ketamine Hydrochloride (30 to 50 mg / kg / IM) and Xylazine (2 mg / kg / IM). A total of 40 animals were captured, 29 females and 11 males of free life belonging to the Metropolitan Mesoregion of Recife and the Micro-region of Araripina, Pernambuco, Brazil. Stool samples of the animals were subjected to centrifugal sedimentation technique in formalin-ether with subsequent staining Kinyoun method. Blood samples were also collected to investigate the infection by Leishmania spp. by Polymerase Chain Reaction (PCR) and are listed ectoparasites. As a result, it was observed that 15% (6/40) of the fecal samples of D. albiventris were parasitized with Cryptosporidium spp., demonstrating that they can act as important reservoirs of this parasite in the urban-wildland interface. None of the samples was positive for Leishmania spp. by PCR, noting that the animals are not part of the life cycle of this agent in studied areas. Ectoparasites found were rated as Ixodes loricatus, Amblyomma rotundatum and Amblyomma spp., being reported for the first time the parasitism by Amblyomma rotundatum in D. albiventris.
Palavras-chave: Marsupial
Ixodídeo
Ectoparasita
Ectoparasites
Ixodids
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal Rural de Pernambuco
Sigla da instituição: UFRPE
Departamento: Departamento de Morfologia e Fisiologia Animal
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal Tropical
Citação: SILVA, Edson Moura da. Detecção de Cryptosporidium spp., Leishmania spp. e identificação de ixodídeos e sifonápteros em Didelphis albiventris Lund 1841 (Marsupialia: Didelphidae). 2016. 78 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal Tropical) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/4751
Data de defesa: 22-Feb-2016
Appears in Collections:Mestrado em Ciência Animal Tropical

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Edson Moura da Silva.pdfDocumento principal636,96 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.